Afinal, quais são as causas das estrias?

        A barriga vai crescendo, crescendo, crescendo até que depois de 9 meses aparece o resultado.
       Mas de qual resultado estamos falando? Sem falar do seu bebê que deve ser muito bem-vindo, esse processo pode gerar, também, algumas estrias. Mas nada que você não possa tratar depois, afinal, o que são algumas marquinhas diante de tanta felicidade? E essa é apenas uma das causas das estrias.

O que causa estrias?

          As estrias são resultado do rompimento das fibras de colágeno e elastina em virtude de uma distensão exagerada da pele. Formando pequenos ou grandes desníveis entre o tecido original e aquele que sofreu um estiramento exagerado as estrias deixam marcas porque formam cicatrizes apenas em suas bordas.
          Um dos principais fatores que desencadeia o aparecimento dessas marcas é o estirão da adolescência. Com uma atividade hormonal intensa os adolescentes tendem a crescer muito rápido em um curto período de tempo, processo que a pele não acompanha.
          Nas mulheres, as áreas afetadas pelas estrias geralmente são os seios, o abdômen e os glúteos. Por isso o incômodo ainda maior, já que em um momento de grandes transformações no corpo surge esse problema que muitas vezes a juventude nem estava esperando enfrentar.
           Nos homens, o tronco é o principal alvo do crescimento exagerado e cria marcas que apesar de serem menos aparentes, por ficarem justamente nas costas, são esteticamente ainda piores do que as estrias femininas. A diferença é que nem sempre eles se preocupam com isso.
          Outro motivo que leva as estrias a aparecerem é a gravidez. Isso porque, a barriga cresce para atender as necessidades de desenvolvimento do bebê e muitas vezes a pele estica demais. Para evitar as estrias é importante que as mães mantenham a pele sempre bastante hidratada com cremes a base de colágeno e que engordem somente o recomendado para cada mês da gestação. O aumento de peso exagerado e a obesidade também são causas do surgimento de estrias.

Como tratar estrias

         A carboxiterapia é um tratamento muito indicado para o combate das estrias e tem por objetivo atenuar as marcas deixadas pelas cicatrizes que se formam em torno delas. Nivelando a pele novamente com a aplicação de gás carbônico, através de uma fina agulha, no tecido subcutâneo, esse procedimento não costuma causar muitos incômodos e produz resultados bastante satisfatórios. Custo-benefício, este tratamento é o mais completo para tratar a base do problema, melhorando o colágeno e a superfície aparente, aproximando as bordas e deixando mais próximo possível da cor da pele do paciente.

Esse post é um Publieditorial. Enviado pela Redação Pró Corpo –www.procorpoplastica.com.br

16 comentários:

  1. Já ouvi dizer que óleo de Rosa Mosqueta tbm é bom!!!

    http://ericatutty.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oii flor estrias é terrível mesmo
    mas com alguns tratamentos melhora
    com a carboxiterapia
    bjs seguindo

    bjs seguindo
    http://cosmeticosbelezasaude.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não sabia que dava pra tratar estrias achava que era só prevenção bjos
    explodindoglamour.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Boa dica AMEII

    Beijinhos e ja estou seguindo

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga, vim retribuir a visitinha. Amei o post, e não sabia que tinha tratamento para essas coisinhas que nos dão tanta dor de cabeça.
    Um beijo grande,
    www.morenalindadicas.com

    ResponderExcluir
  6. Estria é uma porcaria mesmo! Mas o carboxi ajuda de verdade!! Eu já comprovei isso.

    Beijos

    Jéssica - Fashion Jacket
    http://fashionjacket.blogspot.com.br/


    FacebookTwitterTumblr

    ResponderExcluir
  7. É uma coisa normal, e como você disse, o que são algumas marquinhas diante de uma felicidade tão grande de ter um bebê?

    Beijos,
    Sabrina Machado! ♥
    http://www.blogmundodamoda.com/

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito do post! O bom é previnir porque depois que elas aparecem é muito dificil sumir definitivamente!
    Bjokas

    http://aprendendoentreamigas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi tudo bem florzinha?Andei passando por vários blog e encontrei o teu,parabéns pelo seu trabalho
    seu blog é fofo e adorei ele,te desejo muito sucesso mesmo,achei o seu post bem bacana,gostei linda
    Então já estou te seguindo se puder me ajudar seguindo meu blog também.
    te espero lá no meu blog lindinha : ) BEIJOS E FICA COM DEUS.


    http://dondokafashion1.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi tudo bem florzinha?Andei passando por vários blog e encontrei o teu,parabéns pelo seu trabalho
    seu blog é fofo e adorei ele,te desejo muito sucesso mesmo,achei o seu post bem bacana,gostei linda
    Então já estou te seguindo se puder me ajudar seguindo meu blog também.
    te espero lá no meu blog lindinha : ) BEIJOS E FICA COM DEUS.


    www.dondokafashion1.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Ai Sarinha, nem quero falar sobre esse assunto...hihihi
    Tenho muito medo. Graças eu não tive na gravidez, ainda bem.
    Mas temos que prevenir com certeza, né!
    Linda, tem um selinho no blog pra vc, passa por lá depois tá bom!!!

    Bjokas
    Liia
    aprendendosobrecabelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Af;x odeio , mas graças a deus quase não tenho.
    Poderia visitar meu blog? E se gostar, segue ? Obrigada.
    Beeijos ;*
    http://itsblond.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Sarinha,td bem?
    eae deu certo o brigadeirão?kkk..prometo não judiar mais de vc...rsrsrsrsrsr

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. eu tenho muito é no bumbum rs.
    As vezes penso que é melhor ter umas e outras do que ter celulite rs

    ResponderExcluir
  15. Oi Amore,
    desejo um ótimo domingo pra vc
    e uma semana abençoada!!
    Beijão ✿◠‿◠)✿
    /(.”)__☆
    /||\
    _||_
    www.coisasdeladdy.com
    curta e concorra a prêmios no blog
    www.facebook.com/coisasdeladdy

    ResponderExcluir
  16. Eu acho que pior que estria, só celulite, viu! O coisa chata, que nos deixa constrangidas!

    http://rendasdecetim.wordpress.com/

    ResponderExcluir